| |

Compartilhar está notícia

"GM anuncia venda do elétrico Bolt no Brasil em 2019"

A General Motors anunciou que passará a vender em 2019 no Brasil o elétrico Bolt, fabricado nos Estados Unidos.

Ele não revelou estimativas de vendas, mas disse que o preço do modelo, vendido por cerca de US$ 35 000 nos EUA, será de R$ 175 000. O carro será o primeiro elétrico da GM vendido no mercado brasileiro e chegará ao país apesar das indefinições sobre incentivos para o segmento de veículos elétricos no país. Além do lançamento do Bolt no país, a GM deverá incluir a partir de 2019 recursos de conectividade por meio de rede de telefonia celular 4G em seus lançamentos de veículos no Brasil.

A montadora, que completou em outubro 38 meses de liderança de vendas de carros e comerciais leves no Brasil, programou 20 lançamentos de veículos no país nos próximos quatro anos, como parte de um pacote de investimento de R$ 13 bilhões de 2014 a 2019. Ele não fez comentários sobre o próximo plano de investimentos da montadora.

Futuro do setor

A General Motors avalia que o programa automotivo Rota 2030 tem uma oportunidade de ser melhorado no próximo governo, incluindo aspectos que incentivem a competitividade da indústria automotiva do Brasil. O programa de incentivo ao setor automotivo do país, que substituiu o Inovar Auto, foi aprovado por medida provisória editada pelo presidente Michel Temer, mas sua viabilidade depende de regulamentação do Congresso até a próxima semana para não perder a validade.

O Rota 2030 é uma política de longo prazo para um setor que afirma ser responsável por 4% do PIB do Brasil e por 22% da produção industrial do país. Após a aguardada regulamentação pelo Congresso, ele definirá bases que ajudam a nortear os investimentos do setor para os próximos anos, definindo metas de eficiência energética e de obrigatoriedade de itens de segurança dos veículos a serem desenvolvidos.

“É uma oportunidade para ser melhorado. A oportunidade para o Mercosul é uma produção de 3,5 milhões de unidades este ano. No Mercosul, o mais difícil é ter essa escala, são poucos os lugares do mundo que têm essa escala”, disse o presidente da General Motors para América do Sul, Carlos Zarlenga, a jornalistas durante o salão do automóvel de São Paulo. Segundo ele, essa capacidade produtiva poderia ser mais bem aproveitada, ampliando a competividade do setor, se fosse focada também para a exportação, em vez de apenas para os mercados internos dos respectivos países do bloco.

“Por que os programas de investimento (definidos pelos governos) são destinados apenas ao Mercosul?”, questionou o executivo no momento em que parlamentares de vários Estados travam em Brasília embates há semanas sobre benefícios fiscais a serem adotados pelo Rota 2030. “Os custos hoje não são competitivos frente a outras regiões do mundo que disputam investimentos com o Mercosul”, disse Zarlenga. “Aprovamos um Rota que não fala nada disso. Que não fala sobre carga tributária, custo de logística, multimodalidade (no transporte dos veículos a seus destinos).”

Questionado se defende que o Rota 2030 seja rediscutido pelo governo que toma posse em janeiro, Zarlenga não comentou. Para 2019, o executivo estimou que as vendas de automóveis e comerciais leves no Brasil somarão cerca de 2,8 milhões de unidades, ante expectativa de 2,6 milhões em 2018. Para a Argentina, a expectativa é de 800 mil licenciamentos este ano e 650 mil a 700 mil em 2019.

Segundo Zarlenga, passadas as eleições, o setor tem menos incertezas pela frente, algo que vinha afetando as vendas no Brasil. Para o executivo, o período eleitoral afetou o câmbio e adiou compras pelos consumidores. “As medidas discutidas pela equipe ecônomica do novo governo fazem sentido”, disse o presidente da GM América do Sul, se referindo às reformas da previdência e tributária e abertura comercial gradual.

"Mutio mais notícias"

"Automático"

Dicas para dirigir bem um carro automático

"Não perca dinhero"

Trocar ou Vender: Dicas para evitar a depreciação do carro.

"Compre seguro"

Dicas para comprar um veículo seminovo

"Vender bem"

Dicas para vender o seu automóvel

:) Mais Dicas:

:) Escolhidas

Como comprar bem o auto seminovo

Enquanto o mercado de veículos 0km no país ainda mostra os primeiros sinais de recuperação, o segmento de usados e seminovos está em alta Leiam

Recall

Toyota chama Hilux e SW4 para recall por problema nos air bags

Financiamento

Juros menores incentivam financiamento de carros.

Compare as taxas

Roubados

Os 03 carros mais roubados no Rio de Janeiro em 2017: Hyundai HB20:Nissan Versa:Fiat Grand Siena

Recall

Chevrolet faz recall de Onix, Prisma, Cobalt e Spin por risco de incêndio

Fiat Mobi 2019

Hoje, vendido por R$ 34.690, o Fiat Mobi Easy agora custa R$ 32.590, redução de R$ 2.100.Essa redução abriu espaço para a nova versão Easy Comfort. Custa R$ 35.690 e soma o ar-condicionado e as rodas aro 14, além das mesmas calotas da versão Like.

Alta de 70,73% nas vendas

Carros elétricos e híbridos têm alta de 70,73% nas vendas.

Regramento aprovado pela agência reduzirá incertezas e favorecerá investimentos do setor privado na infraestrutura de recarga de veículos.Carros elétricos: expectativa da Aneel é de que a propulsão elétrica alcance uma posição relevante no país nos próximos 10 anos. Leiam e saibam muito mais...Cliquem...!!!

ECONOMIA

Econômico, KWID tem a robustez de um SUV e o consumo de um compacto

O Renault KWID foi projetado para oferecer potência, mas sem deixar a economia de lado. O SUV dos compactos é equipado com um motor 1.0 SCe, que é mais leve e gera menos atrito interno. Sem correia, o propulsor de três cilindros e 12 válvulas garante o melhor consumo da categoria: até 15,2 km/l com gasolina e até 10,5 km/l com etanol – selo A de eficiência, segundo o Inmetro.Além da economia, o motorista que dirige um Renault KWID desfruta de muito conforto durante os trajetos. O amplo espaço interno e o design robusto, com extensor de para-lamas e a maior altura do solo do segmento, permitem encarar qualquer desafio com comodidade.Leiam como foi o lançamento

Personalizadas

Mais lidas:

Seminovo

Compre bem

Enquanto o mercado de veículos 0km no país ainda mostra os primeiros sinais de recuperação,

SCOOTER-SH-150i-2017

Cliquem leiam mais notícias

Conheça o Scooter Honda SH 150i - Elegante do seu jeito.A partir de R$ 12.450.

Moto Honda

Leiam mais

O modelo traz pouco em itens de série, mas compensa com agilidade, robustez e economia....

VOLTAR TOPO