NOTÍCIAS

Carro a gás: vale a pena converter para GNV?

No Brasil o carro bicombustível é conhecido como Flex. Este nome é mais correto ainda quando o gás natural é introduzido como combustível, ou seja, seria o carro “tri” (combustível). Mas não pense que isso é uma novidade, pois em outras partes do mundo temos automóveis com 4 ou até 5 tipos de combustíveis diferentes. Mas falemos do GNV, ou o gás natural veicular, combustível presente entre nós desde o ano 2000, e meio esquecido como outra opção além do álcool e da gasolina. Muitas pessoas são adeptas e até divulgadoras da conversão de carros para o uso de gás GNV. Mas tudo que é elogiado também é criticado, cada um tendo seu ponto de vista sobre este combustível. Então, reunimos neste post algumas vantagens e desvantagens do carro a gás. As pessoas estão buscando alternativas para baratear o custo de vida, principalmente devido à crise do desemprego. Uma das dúvidas que tem surgido é se vale a pena converter o seu auto para GNV, uma vez que aparentemente esse tipo de combustível é mais barato. O Gás Natural Veicular, também conhecido como GNV, surgiu em 2000 como um combustível alternativo para a gasolina e o álcool. Apesar de já estar no mercado há algum tempo, o seu uso ainda é um pouco tímido em alguns lugares do país. Mas, para verificar se vale ou não a pena usar esse tipo de combustível, a Comgás fez um levantamento em relação ao preço dos combustíveis em fevereiro de 2016 para verificar qual é mais vantajoso economicamente. No comparativo se pode observar os seguintes fatos: De acordo com esse levantamento, em comparação com gasolina, o GNV oferece uma economia de 54% e de 58% em relação ao etanol. Se compararmos apenas os valores do combustível, ele acaba sendo vantajoso, porém é preciso considerar outros fatores. Para fazer a conversão do veículo é preciso instalar o kit gás, sendo que esse possui um custo médio de R$ 4.000,00. Para recuperar o investimento em relação à economia de combustível, uma pessoa que usa o veículo para trabalhar, como um taxista, leva em torno de 4 meses. Já para o uso particular, o tempo é um pouco maior, em média 30 meses. Mesmo assim, acaba sendo vantajoso para quem deseja fazer uma economia a longo prazo.

  • VANTAGENS DE CONVERTER O SEU AUTO PARA GNV
  • Combustível mais barato, permitindo um gasto menos por quilômetro percorrido;Menor emissão de CO2, até 20% a menos se comparado com a gasolina;Em algumas localidades, como no Paraná, é possível conseguir um desconto no IPVA ao optar pelo GNV;Esse tipo de combustível não sofre alteração, garantindo maior durabilidade das peças;O consumo de lubrificantes no motor é menor por não haver queima constante de combustível. Vale a pena ainda dar uma olhada nos carros que consomem menos combustível, né?
  • DESVANTAGENS DE CONVERTER O SEU AUTO PARA GNV
  • - Velas e boninas tem um desgaste cerca de 30% maior que os combustíveis líquidos; - A instalação do kit gás tem um preço pouco elevado; - Existe uma pequena perda de potência; - Perda da garantia de carros novos; - Necessidade de fazer o reteste anual; - Perda de espaço no porta-malas. O SEGURO DO CARRO COM GNV Um veículo que possui GNV pode ser segurado normalmente e não costuma ter variação de valores em comparação ao demais tipos de combustíveis. Porém, é possível adquirir uma cobertura adicional específica para o kit gás. Nesse caso, terá um valor adicional a ser pago, no entanto, o veículo estará protegido com um seguro auto completo. Por isso, compensa fazer a simulação do seguro considerando as duas possibilidades e, se desejar, pode proteger também o kit gás. Considerando os prós e os contras, hoje o carro a gás já utiliza uma tecnologia moderna, que permite a maior durabilidade de veículo e os custos de manutenção acabam reduzindo, assim como o gasto com combustível. Por isso, para quem quer economizar com combustível, essa é uma boa opção, mas encontrar um posto com GNV pode não ser uma tarefa muito fácil, dependendo da localidade. Independente de optar ou não pelo GNV, veja como economizar combustível de outras formas  E vale a pena converter o seu auto para GNV? Eu diria que se a ideia é economizar a longo prazo e sua cidade possui postos para suprir a demanda que precisa, essa é uma ótima opção. Vantagens do uso de GNV: O óleo do motor suja menos e dura mais, pois não há atuação contaminante dos outros combustíveis. O mesmo acontece com os bicos injetores que não acumulam resíduos. Outra vantagem é que o GNV é considerado um combustível seco e o que poderia estragar por ferrugem de água, como o escapamento, vai ter uma durabilidade maior. O meio ambiente também agradece pela diminuição dos poluentes expelidos por um carro. Mas novas tecnologias de GNV tem melhorado em muito este desempenho e as reclamações também tem diminuído. Porém é sempre prudente avaliar o motor do carro e outros componentes antes da instalação do Kit GNV. Um motor pode já estar com defeitos ocultos e a culpa vai recair no uso do gás veicular. Também existem no mercado cilindros de vários tamanhos.
  • Página Principal
  • Vitrine